Os problemas causados pelo envio de SPAM

Não é de agora que os provedores de sites vem se protegendo contra o envio de SPAMs. Várias técnicas são usadas para que os clientes não sejam bombardeados diariamente por milhares de mensagens inúteis e, muitas vezes, maliciosas.

Conheça algumas das principais formas de proteção usadas pelos servidores

  • O servidor consulta se o remetente está hospedado em um servidor com má reputação na web. Esta má reputação, também conhecida como lista negra, é gerenciada por alguns sites no mundo, que monitoram outros sites e servidores que enviam milhares de spams. Assim, quem tem um provedor pode fazer uma consulta a esta lista negra e negar o recebimento de qualquer mensagem que venha destes servidores de spammers.
  • O servidor instala um filtro, que monitora as mensagens que entram. Nesta avaliação, se uma mesma mensagem está entrando para vários destinatários, e o remetente é o mesmo e o conteúdo da mensagem também é idêntico, o servidor deduz  que se trata de um spam.
  • Alguns servidores oferecem aos clientes a ativação de um serviço anti-spam, este serviço é acionado automaticamente quando um eMail é recebido pelo cliente. O servidor envia de volta um email ao remente  obrigando-o  a digitar um código ou clicar num link para validar sua mensagem.

Por este motivo nossa empresa tem um cuidado em relação ao controle de envio de emails que partem do nosso provedor. Infelizmente não é possível distinguir quando uma mensagem é um SPAM ou quando é uma NEWSLETTER, técnicamente a mensagem é uma NEWSLETTER quando esta tem autorização do cliente para recebê-la, mas o provedor não tem este controle, pois ele é feito apenas pelo proprietário do dominio. Já um SPAM é caracterizado quando a mensagem é enviada para um grupo grande de pessoas, sem a autorização destas para seu recebimento.

Neste caso, limitamos o envio de mensagens que partem do nosso provedor para 700 por hora, por domínio.

Em caso de dúvidas, consulte o site do REGISTRO.BR ou o site ANTISPAM.BR.

Veja alguns vídeos: http://www.antispam.br/videos/

 

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *